Pular para o conteúdo principal

Sonhos, Projetos e Metas!













"Você tem sonhado? Augusto Cury comenta que nossos sonhos são como uma bússola, indicando os caminhos que seguiremos e as metas que queremos alcançar. São eles que nos impulsionam, nos fortalecem e nos permitem crescer."




A maioria de nós inicia o ano com projetos, metas e promessas que podem estar relacionadas a novos sonhos ou a planos fracassados dos anos anteriores.

Pegando o gancho dos novos sonhos para o ano que se inicia, Augusto Cury comenta que nossos sonhos são como uma bússola, indicando os caminhos que seguiremos e as metas que queremos alcançar. São eles que nos impulsionam, nos fortalecem e nos permitem crescer.

Ele complementa o pensamento acima dizendo que sem sonhos, a vida não tem brilho. Sem metas, os sonhos não têm alicerces. Sem prioridades, os sonhos não se tornam reais. Sonhe, trace metas, estabeleça prioridades e corra riscos para executar seus sonhos. E finaliza afirmando que é melhor errar por tentar do que errar por se omitir!

Podemos entender então que sonhar é preciso, mas não é o bastante! É necessário ir além dos sonhos!

Precisamos adicionar aos nossos sonhos o tempero das metas, o aroma do planejamento das ações e o cozimento do esforço e dedicação para realizarmos nossos projetos pessoais.

Em um artigo intitulado “Sonhar é preciso. Planejar é fundamental. Executar é vital!”, transcrevi uma frase do Peter Drucker que afirma:

“Nem uma única vez consegui realmente seguir à risca o plano feito em cada mês, mas isso me forçou a tentar atingir a proposição de Verdi de "lutar pela perfeição", embora ela tenha sempre me escapado".

Caso você ainda não tenha lido esse artigo eu deixo aqui o link. Divirta-se!

Dando andamento ao assunto sonhos, com o objetivo de ajudar àqueles que tem dificuldade em colocar em prática seus projetos pessoais eu deixo aqui minhas 8 Dicas:

1.   Planeje seu objetivo
Qual é o escopo do seu projeto? Que “cara” ele tem?
O que você aspira realizar? O que deseja estudar? Quanto peso você quer perder? Qual viagem anseia fazer? Quantos livros tem a intenção ler? 

2.  Defina metas SMART
Suas metas precisam ser objetivas, claras, específicas, mensuráveis, realizáveis, relevantes, com prazo definido (SMART), e vale lembrar que é interessante escrever como você irá realizá-las; em outras palavras, escrever um plano de ação para cada meta.

3.  Estabeleça prioridades
Definir prioridades ajudará você a administrar o seu tempo.
É importante diferenciar o que é urgente, o que é importante e o que é necessário realizar.
Entender essas diferenças irá ajudar a organizar suas atividades ao longo do ano assim como a sua agenda diária.
Nota: cada meta/ação deve ter um prazo (etapa ou período) determinado para ser realizado

4.  Determine razões para motivar-se
Entender por que desejamos realizar o tão sonhado projeto é fundamental para nos manter estimulados e focados.
Identificar as motivações ajuda a manter nossas emoções conectadas ao objetivo com a intensidade, o foco, a direção e a persistência necessária para realizá-lo.

5.  Decida sair da zona de conforto
Falta de autoconhecimento, insegurança, autossabotagem, preguiça, procrastinação e até mesmo arrogância fazem com que a gente fique sentado em nossa zona de conforto.
Sair da nossa zona de conforto é uma decisão consciente e é valioso tomarmos essa ação para nos tornarmos mais confiantes, criativos e independentes.
Vale lembrar que o crescimento pessoal normalmente acontece fora da zona de conforto!

6.  Esforce-se para melhorar seus hábitos
Nossos hábitos afetam diretamente a nossa qualidade de vida. Quanto melhor forem nossos hábitos, melhor será a nossa qualidade de vida e maior será a chance de termos sucesso em nossos projetos de vida.
Criar hábitos saudáveis necessita de disciplina, organização e força de vontade.
À princípio tudo parecerá muito difícil, mas com o tempo as mudanças serão incorporadas em nossa rotina.

7.  Confira suas ações semanalmente
Verificar com frequência se as atividades programadas para a semana aconteceram adequadamente é válido e ajuda para que não se perca o foco. Esse exercício proporciona flexibilidade, agilidade, promove crescimento e melhoria contínua.

8.  Revise e corrija suas metas mensalmente
Analisar, revisar e corrigir as metas e atividades com periodicidade é mandatório.
Mensurar os resultados do que foi planejado é fundamental para entendermos se o que foi planejado é o que está sendo executado e, caso não esteja, ajuda a realinhar as atividades e a planejar novas ações para que o nosso projeto volte ao prumo e tenha sucesso.

Caminho para o fim do texto de hoje com um pensamento maravilhoso do C. S. Lewis onde ele comenta que nós nunca somos tão velhos para ter uma nova meta ou para sonhar um novo sonho e aproveito a oportunidade para convidar você a sonhar!

Você tem sonhado? Tem planejado seus projetos pessoais? Precisa de mentoria para alcançá-los? Fale comigo!

Finalizo com meus sinceros votos de realizações e sucesso.
Paz e bem,
Lu Seluque

Siga meus canais! 👍

👉Twitter https://twitter.com/LuSeluque
👉SoundCloud (Podcasts) https://lnkd.in/dcNvxtM
👉YouTube (Luciana Seluque) https://goo.gl/k1xSVy
👉Newsletter https://goo.gl/xFxH4F   
👉e-book gratuito | Comunicação https://lnkd.in/d_KF4Yq