Foco - Um "serumaninho" com dificuldades - Parte 1




Olá!
Tenho 3 cachorros e 1 gato em casa; alguns amigos dizem que tenho um zoológico, outros que tenho uma gang, outros classificam a turminha aqui como trupe, mas eu costumo chamá-los de “anjinhos”.

Todos foram adotados, retirados das ruas e cada um tem um característica própria. A Mel é a única fêmea do grupo, foi encontrada em um lago perto de casa; na época estava literalmente pele e osso e a única coisa que se mostrava forte nela eram os seus olhos, que por sinal são lindos e tem a cor de mel o que sugeriu o seu nome.

Costumo dizer que a Mel me enganou, chegou em casa fraca e sem muita atitude, mas como o passar do tempo, depois de receber vitaminas, vacina, vermífugo e boa alimentação a sua real personalidade veio à tona.

Mel é muito inteligente e às vezes tenho a impressão de que ela é muito mais que um cachorro, então nesse texto eu a chamarei de “serumaninho” e dividirei suas aventuras em duas partes; serão dois textos onde falarei sobre sua dificuldade com foco e comportamento e como tudo isso interfere e prejudica o time de anjinhos aqui de casa.

O texto desta semana falará sobre foco e o da próxima semana sobre questões comportamentais!

Imaginem uma cadela dócil, amorosa, extremamente alerta e ativa, essa é a Mel e no meio dessas características existe a sua dificuldade com o foco e concentração.

Como eu conheço o “mato que lenho”, sei que preciso considerar pelo menos 30 minutos a mais nos horários das refeições, porque a Mel prestará atenção a tudo que está ao seu redor, menos na atividade proposta ao time naquele momento. Se uma abelhinha passar por perto enquanto ela estiver comento ela para a atividade para caçar o inseto e eu tenho que gastar energia extra para lembrá-la frequentemente que aquele momento é destinado para a alimentação.

Sabemos que não existe fórmula para o sucesso, mas entendemos que a falta de foco e concentração podem causar grandes prejuízos tanto na nossa vida pessoal como profissional.

A falta de foco consome energia, causa estresse, promove a baixa auto estima, traz insatisfação, produz problemas de relacionamento e insufla dano ao time de trabalho.

Em adição a isso, a troca de tarefas causa fadiga, exaustão, agitação, desperdiça tempo, aumenta a chance de erro e proporciona baixo desempenho.

Mas quais seriam as estratégias para sermos mais focados?

Steve Jobs diz que foco não significa dizer sim para a coisa em que você irá se focar, mas dizer não às centenas de outras boas ideias que existem e acrescenta que precisamos selecionar cuidadosamente as nossas atividades.

Criar um plano de trabalho, entender quais são as metas e objetivos, priorizar atividades, saber dizer não, trabalhar em um ambiente limpo e organizado são algumas dicas para sermos mais focados e produtivos.

Desenvolver uma rotina saudável, uma boa qualidade de vida, manter-se alimentado e descansado, exercitar a concentração, aprender a controlar os pensamentos e emoções também são sugestões que podem ajudar a melhorar o nosso foco.

Se somarmos essas dicas com o autoconhecimento, a visão equilibrada de mundo, ao modelo mental positivo onde a persistência, a resiliência e a capacidade de suportar frustrações imperam teremos condições de criar um ambiente mais favorável e adequado para nossas atividades e consequentemente para a nossa vida.

Termino o texto de hoje com a afirmação do Flávio Augusto da Silva, empresário brasileiro, fundador da Wise Up, que diz que se quisermos atingir alta performance precisamos ser estratégicos, dominar e proteger as nossas emoções e trabalhar em primeiro lugar o nosso foco!

Paz e bem,
Lu Seluque

Siga meus canais! 👍
👉Luciana Seluque Page  https://www.facebook.com/controledossentimentosegestaodasemocoes/
👉Blog https://www.lucianaseluque.com/
👉Radio da Lu https://radiodaluseluque.blogspot.com/
👉SoundCloud (Podcasts) https://lnkd.in/dcNvxtM
👉YouTube (Luciana Seluque) https://goo.gl/k1xSVy
👉Newsletter https://goo.gl/xFxH4F   
👉e-book gratuito | Comunicação https://lnkd.in/d_KF4Yq



Sabe qual o caminho da alta performance?

Sabe qual o caminho da alta performance?
Autoconhecimento e gestão das emoções. Este é o caminho para o sucesso profissional!! Augusto Cury diz que sem a gestão das emoções ricos se tornam miseráveis, casais começam seus relacionamentos no céu do afeto e terminam no inferno dos atritos. Sem gestão da emoção profissionais sabotam a sua eficiência! Precisamos aprender a fazer a gestão das nossas emoções e a encontrar equilíbrio entre mente e coração!! Vamos juntos nesta caminhada??

Postagens mais visitadas!!