quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Como engajar equipes desmotivadas?

Como engajar equipes desmotivadas? lu seluque luciana seluque engajamento motivação inteligência emocional

Olá!
Esta semana ministrei aula de Gestão da Qualidade para uma turma de MBA e entre vários tópicos falamos sobre a metodologia 8D, desenvolvida pela Ford, que nada mais é do que  uma metodologia de resolução de problemas projetada para encontrar a causa raiz de um defeito, planejar ações de contenção de curto prazo e implementar soluções de longo prazo para evitar problemas recorrentes.

O último passo dessa metodologia prevê o reconhecimento do time e foi bastante interessante ouvir de um dos alunos que as organizações estimulam a aplicação do 8D, mas que , na prática, os gestores adotam o “7D”, pois esquecem a etapa do reconhecimento.

Fiz algumas piadas para tentar manter o interesse da classe pelo assunto, mas confesso que é dolorido ouvir esse tipo de feedback.

O filósofo Mário Sérgio Cortella afirma que o salário não é a principal fonte de insatisfação e desmotivação, mas a ausência de reconhecimento!

Em seu livro “Por Que Fazemos O Que Fazemos” Cortella comenta que as pessoas almejarem atividades que proporcionem satisfação pessoal, reforça a importância do reconhecimento individual e da equipe e afirma que ser “mais uma peça do jogo” é um grande fardo nos tempos atuais.

Falta de confiança nas decisões gerenciais, falta de comunicação e transparência, micro gerenciamento, sentimento de subutilização, falta de perspectiva de progressão na carreira, carga de trabalho não gerenciável e ambiente de trabalho inadequado são outros fatores que podem criar desengajamento.

Falta de foco, mudança geral no humor e comportamento, comentários ou observações impróprias, "distanciamento" dos colegas, pausas, ausências ou tempo longe da mesa aumentados e maior tempo para começar a trabalhar depois de chegar ao escritório são sinais de alerta de que um funcionário está desengajado.

Pessoas automotivadas naturalmente são engajadas, comprometidas, determinadas e resilientes. Muitas vezes não estão satisfeitas com o seu salário ou com o ambiente profissional que estão inseridas, mas ficam firmes em seus valores e encontram alternativas para manter-se focadas em seus objetivos.

O mundo corporativo ideal é formado por pessoas automotivadas, mas o que fazer quando temos em nossas mãos uma equipe desmotivada?

O que podemos fazer para influenciar e melhorar a motivação e o engajamento?

Demostrar empatia, compaixão, cordialidade, interesse genuíno pelo indivíduo e pela equipe, comunicar-se de forma simples, transparente e objetiva, praticar a escuta ativa, construir um ambiente de confiança, estabelecer metas claras, oferecer novos desafios, flexibilidade no trabalho e incentivos adicionais como treinamentos são algumas ações que fomentam engajamento.

Vale lembrar que não existe uma “formula mágica” para motivar e engajar pessoas, entretanto acreditar no valor do fator humano dentro das organizações e entender a importância de inspirar e reconhecer os colaboradores são fatores críticos de sucesso!

Paz e bem.
Lu Seluque

Siga meus canais! 👍
👉Luciana Seluque Page  https://www.facebook.com/controledossentimentosegestaodasemocoes/
👉Blog https://www.lucianaseluque.com/
👉Radio da Lu https://radiodaluseluque.blogspot.com/
👉SoundCloud (Podcasts) https://lnkd.in/dcNvxtM
👉YouTube (Luciana Seluque) https://goo.gl/k1xSVy
👉Newsletter https://goo.gl/xFxH4F    
👉e-book gratuito | Comunicação https://lnkd.in/d_KF4Yq


#luseluque #comportamento #counseling #softskills #emotionalintelligence  #personaldevelopment 

Sabe qual o caminho da alta performance?

Sabe qual o caminho da alta performance?
Autoconhecimento e gestão das emoções. Este é o caminho para o sucesso profissional!! Augusto Cury diz que sem a gestão das emoções ricos se tornam miseráveis, casais começam seus relacionamentos no céu do afeto e terminam no inferno dos atritos. Sem gestão da emoção profissionais sabotam a sua eficiência! Precisamos aprender a fazer a gestão das nossas emoções e a encontrar equilíbrio entre mente e coração!! Vamos juntos nesta caminhada??