terça-feira, 31 de outubro de 2017

Formiga no Açucareiro!

lu seluque Formiga no Açucareiro!
Olá!
A experiência de viver em uma chácara é bastante singular e aprazível. O verde é vivo e constante, a diversidade das flores com suas cores, formas e perfumes é única, as frutas são saborosas e viçosas e junto de tudo isso, claro, tem os insetos!

Sim, os insetos! Seres minúsculos, quase insignificantes, mas que muitas vezes causam bastante incômodo. Na chácara existem vários tipos e espécies: joaninhas, grilos, besouros, pulgões, abelhas, marimbondos, borboletas, lagartas e não poderia faltar as fortes, famintas e incansáveis formigas!

Fala-se muito sobre as formigas e seu sistema estruturado e organizado de vida. Dizem, inclusive, que as formigas conseguem formar níveis avançados de sociedade e que se organizam de forma “inteligente e civilizada”.

Gosto bastante de um provérbio escrito por Salomão ao redor do ano 900 AC que diz assim: "Observe a formiga, preguiçoso, reflita nos caminhos dela e seja sábio”. Todavia, apesar desse comportamento “civilizado” as formigas frequentemente atacam os nossos açucareiros!

Quem já não gastou grande energia e tempo para afastar essas queridas amigas de nossas cozinhas? É incrível a capacidade que elas têm de invadir o nosso espaço, não é mesmo? Você pode colocar cravos dentro do açucareiro, usar “gelzinhos” nos cantos da cozinha, ou até mesmo dedetizar a casa para espantá-las, mas nada é muito efetivo, e as formigas como que por um milagre conseguem sempre chegar aos nossos potinhos de açúcar. Céus!

Entretanto existe um comportamento diferenciado delas aqui na chácara, algo que considero bastante interessante. Acreditem ou não, aqui elas não assaltam o meu açucareiro, e sequer entram na casa. E aí a pergunta “de um milhão” surge: Por que? Por que formigas tiram proveito dos nossos espaços nas cidades e no campo elas são indiferentes a eles?

A conclusão que cheguei é que o ambiente externo da casa na chácara é tão equilibrado que as formigas se sentem satisfeitas. É isso, a satisfação é o diferencial, o grande segredo!
Bom seria se fôssemos esforçados, diligentes, focados e organizados como as formigas são.

Vou além, bom seria se trabalhássemos para desenvolver nossa espiritualidade, gratidão, autoconhecimento, amor próprio, equilíbrio, autoestima assim como conhecimento técnico e habilidades comportamentais.

Eu acredito que quando desenvolvemos essas competências e qualidades nos sentimos mais seguros, felizes e satisfeitos e, assim como as formigas, não precisamos invadir o “açucareiro dos outros”.

Paz e bem,
Lu Seluque

Siga meus canais! 👍
👉Luciana Seluque Page  https://www.facebook.com/controledossentimentosegestaodasemocoes/
👉Blog https://www.lucianaseluque.com/
👉Radio da Lu https://radiodaluseluque.blogspot.com/
👉SoundCloud (Podcasts) https://lnkd.in/dcNvxtM
👉YouTube (Luciana Seluque) https://goo.gl/k1xSVy
👉Newsletter https://goo.gl/xFxH4F   
👉e-book gratuito | Comunicação https://lnkd.in/d_KF4Yq

#luseluque #comportamento #counseling #softskills #emotionalintelligence  #personaldevelopment 


quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Vire a folha!

lu seluque Vire a folha!
Olá, tudo bom?
Estou fazendo aulas na AFIGP - Academia de Formação de Instrutores de Gerenciamento de Projetos e tem sido muito interessante. Dias atrás tive aula de didática onde discutimos sobre estratégias e teorias de aprendizagem, pedagogia, andragogia, etc. Recebemos vários textos para ler e enquanto eu estudava para os textos a lembrança de uma experiência vivida nos idos de 2007 vinha à minha mente.
Era uma ensolarada manhã de domingo. Eu morava em Salvador naquela época e estava na igreja dando aula na Escola Dominical. Não lembro do assunto da aula, mas recordo que ao final tivemos um “momento livre” onde as crianças poderiam desenhar.
Pensem naquelas cadeiras e mesas pequenininhas próprias para crianças até 5 anos; pois bem, eram esses móveis que tínhamos na sala, o que para as crianças era perfeito, mas para a “tia Lu”... Céus!
Eu distribuí folhas de papel sulfite e fiquei ao lado das crianças para colaborar com a atividade quando percebi uma das meninas “sofrendo” com a folha de papel. Ela queria desenhar uma torre, mas a maneira que ela planejou e posicionou a folha o desenho ficava com tamanho limitado e não permitia que a torre fosse alta.
Cheguei perto da menina e disse: “vire a folha”!
Eu simplesmente sugeri que ela mudasse a folha da posição horizontal para a posição vertical, mais nada.
Quando aquela criança percebeu que um simples movimento, um “virar a folha”, poderia dar a ela um universo muito maior e diverso ela espantou-se.
Na verdade, eu não sei se espanto é a palavra certa para descrever aquele olhar... era um misto de deslumbre e surpresa; algo realmente difícil de explicar!
Seus olhos brilhavam arregalados, a boca estava aberta e ela não conseguia sequer balbuciar. Era um momento de êxtase e descoberta. A descoberta de um novo mundo!
Estávamos ali vivendo juntas aquela experiência. Duas mulheres de gerações e com histórias completamente diferentes unidas pela descoberta de um mundo completamente novo.
Sim, sim, também foi um momento de descoberta para mim. Aqueles olhinhos que brilhavam tocaram minha mente e coração e naquele momento eu tive certeza de que existia um chamado para minha vida. O chamado para ensinar, influenciar e ajudar pessoas a “serem melhores”!
Não sei como está a sua vida e as dificuldades que você enfrenta, mas quero convidá-lo (a) a “virar a página”. Quem sabe esse simples movimento não proporcione a você um mundo melhor, maior e cheio de oportunidades!
Paz e bem.
Lu Seluque

Siga meus canais! 👍
👉Luciana Seluque Page  https://www.facebook.com/controledossentimentosegestaodasemocoes/
👉Blog https://www.lucianaseluque.com/
👉Radio da Lu https://radiodaluseluque.blogspot.com/
👉SoundCloud (Podcasts) https://lnkd.in/dcNvxtM
👉YouTube (Luciana Seluque) https://goo.gl/k1xSVy
👉Newsletter https://goo.gl/xFxH4F   
👉e-book gratuito | Comunicação https://lnkd.in/d_KF4Yq

#luseluque #comportamento #counseling #softskills #emotionalintelligence  #personaldevelopment 

Sabe qual o caminho da alta performance?

Sabe qual o caminho da alta performance?
Autoconhecimento e gestão das emoções. Este é o caminho para o sucesso profissional!! Augusto Cury diz que sem a gestão das emoções ricos se tornam miseráveis, casais começam seus relacionamentos no céu do afeto e terminam no inferno dos atritos. Sem gestão da emoção profissionais sabotam a sua eficiência! Precisamos aprender a fazer a gestão das nossas emoções e a encontrar equilíbrio entre mente e coração!! Vamos juntos nesta caminhada??