Tolerância e Inteligência Emocional








Luciana Seluque #luseluque Comportamento Soft Skills Tolerância e Inteligência Emocional

Aceitar o que não se pode inibir não é apenas conseguir lidar com gêneros, cores, religiões ou convicções distintas, mas principalmente conviver respeitosamente com valores, ideias, culturas e histórias de vida diferentes da sua.


Olá. Fala-se muito sobre tolerância que nada mais é do que a capacidade de aceitar ou suportar algo que não se pode inibir. Em outras palavras, a tolerância é uma atitude indispensável para se viver em sociedade.

 

Aceitar o que não se pode inibir não é apenas conseguir lidar com gêneros, cores, religiões ou convicções distintas, mas principalmente conviver respeitosamente com valores, ideias, culturas e histórias de vida diferentes da sua.

 

Eu gosto muito de uma frase de Victor Hugo que diz que a tolerância é a melhor das religiões!

 

Complementando esse pensamento eu ofereço a percepção da escritora e ativista social norte-americana Helen Keller, comentando que o resultado mais sublime da educação é a tolerância.

 

Para instigar e estimular essa narrativa apresento a opinião do jornalista e escritor George Eliot, afirmando que a responsabilidade da tolerância está com os que têm a visão mais ampla.

 

Somos intolerantes quando entramos em uma argumentação ou conflito com ideias preestabelecidas e com o desejo de “ganhar o debate” ou mudar o outro. Somos intolerantes quando rotulamos e diminuímos pessoas porque elas são ou desejam algo diferente de nós.

 

A intolerância atrofia e empobrece o debate!

 

Na minha humilde opinião, a melhor atitude é a de educar e influenciar pessoas, mas deixa-las livres para fazerem as suas escolhas.

 

Pessoas tolerantes entendem sem concordar, interpretam sem julgar, controlam suas emoções e salientam os aspectos positivos e negativos do que está em jogo de forma respeitosa.

 

O psicólogo Alfred Adler diz que empatia é ver com os olhos do outro, ouvir com ouvidos do outro e sentir com o coração do outro.

 

Ser tolerante é ser empático! É calçar os sapatos do outro e entender onde o calo aperta!

 

Amor, generosidade, autocontrole, empatia, tolerância, resiliência, paciência, boa comunicação e habilidade para gerir conflitos são características de uma pessoa que tem as qualidades básicas da inteligência emocional.

 

Termino o texto de hoje com uma frase de Augusto Cury que diz:

 

A sabedoria superior tolera, a inferior julga; a superior perdoa, a inferior condena.

 

 

Paz e bem,

Lu Seluque

 

Quer saber mais sobre isso? Fale comigo! https://linktr.ee/luseluque 👍

 

GOSTOU? CURTA, COMENTE E COMPARTILHE!

AJUDE A DIVULGAR! 😊😍

 

#carreira #educacaocorporativa #mentoria #aconselhamento #inteligenciaemocional #desenvolvimentopessoal #gestao #comportamento #projetos #engenharia #career #corporateeducation #mentoring #counseling #emotionalintelligence  #softskills #personaldevelopment #managementskills #projects #engineerin#dicasluseluque #treinamentosluseluque #citacoesluseluque #textosluseluque #luseluque