Confiança! Como desenvolvê-la em equipes virtuais?

Lu Seluque Confiança! Como desenvolvê-la em equipes virtuais?
Olá!
Recentemente li um artigo que falava sobre confiança e salientava as dificuldades que enfrentamos para construí-la em nossos relacionamentos que, muitas vezes, são virtuais.

Esse artigo motivou-me a refletir sobre a minha vida pessoal e profissional, principalmente no que diz respeito à relacionamentos virtuais que atualmente acontecem com muita frequência.

Minha rede de relacionamentos é boa e foi construída ao longo de minha vida com bastante esforço, amor e dedicação. Considero-me abençoada, pois fui presenteada com bons amigos e, normalmente, as pessoas interagem comigo de forma fiel; quando isso não acontece, como uma boa engenheira black belt, considero como ponto fora da curva e analiso de forma especial.

Entendo que confiança é a base de qualquer relacionamento, seja ele pessoal ou profissional!

François Le Rochefoucauld diz que “A confiança que temos em nós mesmos, reflete-se em grande parte, na confiança que temos nos outros”.

É importante estreitar a relação conosco mesmo, trabalhar o nosso autoconhecimento, confiar em nossos valores e propósitos de vida e depois ir para o mundo.

E quando estamos no mundo, uma dica é ter “bons olhos”, optar por confiar, escolher olhar para as características positivas e as semelhanças que temos com a outra pessoa.

Não podemos esquecer da importância do amor altruísta, empatia, tolerância e perdão. Sem esse tipo de visão e atitude não conseguimos alcançar sucesso em nenhum de nossos relacionamentos!

A confiança é desenvolvida com o tempo, convivência e quantidade de troca que temos em nossas interações. Em nossa vida profissional ela vem com o número de transações ou projetos compartilhados.

Mas como construir isso dentro de equipes virtuais que se formam e se dissolvem rapidamente e muitas vezes estão alocadas em projetos globais?

Acredito que a primeira impressão que passamos é fundamental e certamente impacta o relacionamento ao longo prazo. Em adição a isso a nossa integridade, credibilidade e desempenho dentro da companhia fazem toda diferença.

Sem nenhuma dúvida, comunicar-se de forma apropriada e ter uma escuta ativa agregam muito valor a esse processo.

Caminho para o final do texto salientando a importância da palavra propósito que pode ser traduzida como objetivo, projeto, alvo!

É necessário trabalhar em prol dos mesmos objetivos, observando e exortando as similaridades que temos com nossos parceiros. Quando o time tem o mesmo propósito e trabalha de forma íntegra tudo flui com mais facilidade.

Precisamos entender que estamos no mesmo barco, que não existe opção, temos que confiar e trabalhar juntos, do contrário o barco afunda.

Como diz Carlos Drummond de Andrade, a confiança é ato de fé, e esta dispensa raciocínio.

Paz e bem,
Lu Seluque

Siga meus canais! 👍

👉SoundCloud (Podcasts) https://lnkd.in/dcNvxtM
👉YouTube (Luciana Seluque) https://goo.gl/k1xSVy
👉Newsletter https://goo.gl/xFxH4F   
👉e-book gratuito | Comunicação https://lnkd.in/d_KF4Yq

Sabe qual o caminho da alta performance?

Sabe qual o caminho da alta performance?
Autoconhecimento e gestão das emoções. Este é o caminho para o sucesso profissional!! Augusto Cury diz que sem a gestão das emoções ricos se tornam miseráveis, casais começam seus relacionamentos no céu do afeto e terminam no inferno dos atritos. Sem gestão da emoção profissionais sabotam a sua eficiência! Precisamos aprender a fazer a gestão das nossas emoções e a encontrar equilíbrio entre mente e coração!! Vamos juntos nesta caminhada??

Postagens mais visitadas!!